Minas tem o governo que queremos?

Relatório da OEA classifica Minas Gerais como “Terra sem Lei”

Estudo sobre o funcionamento das instituições nos Estados brasileiros relata a ausência do “Estado Democrático de Direito” em Minas Gerais

 

Estudo realizado e divulgado pela OEA coloca Minas Gerais junto com o Estado do Pará em último lugar entre os Estados brasileiros, levando-se em conta a liberdade de imprensa, obediência e garantia aos cidadãos pelos Poderes, Legislativo, Executivo e Judiciário dos princípios constitucionais assegurados.

O mesmo estudo coloca Minas Gerais como o segundo colocado entre os Estado da Federação brasileira em nível econômico e o primeiro em Poder político. O Estado do Pará é historicamente e sabidamente internacionalmente considerado um Estado sem Lei, porém, a classificação de Minas Gerais no mesmo nível assustou analistas internacionais.

Já há quase dois anos diversas reportagens publicadas por Novojornal a respeito do que vem ocorrendo em Minas Gerais, têm sido objeto de analise e pesquisa por diversos organismos internacionais, chegando ao ponto da Less Editor Ltd, localizada em Amsterdam, na Holanda, solicitar autorização para publicar uma série de reportagens sobre a atuação da “Gangue dos Castros”, o que se transformou em livro.

Novojornal foi agraciado em Belgrado pelo Partido Liberal Democrático, no parlamento da Sérvia, devido uma série de reportagens publicadas sobre o envolvimento do considerado chefe da “Gangue dos Castros”, o mineiro Danilo de Castro, com a multinacional de jogos Ghetec. A empresa, segundo apurou a Comissão Parlamentar de Inquérito, do parlamento Sérvio, foi quem, representando a Máfia Russa, patrocinou diversos movimentos armados no País. Danilo de Castro é citado três vezes no relatório final das investigações como o representante no Brasil da Ghetec mundial, o que já havia sido comprovado na CPI dos Bingos que tramitou no Parlamento Brasileiro.

Segundo analistas políticos, a péssima classificação de Minas Gerais neste estudo trará dificuldades para que lideranças que dirigem ou dirigiram o Estado nos últimos anos, tendo como auxiliar Danilo de Castro, consiga alçar vôos mais altos na política nacional.  O Banco Mundial, o Banco Interamericano de Desenvolvimento Econômico e a própria ONU têm sido questionados sobre a relação dúbia que vem tendo com o Estado de Minas Gerais ao conceder empréstimos sem questionar a inexistência do “Estado Democrático de Direito”

A Organização dos Estados Americanos é o mais antigo organismo regional do mundo. A sua origem remonta a Primeira Conferência Internacional Americana, realizada em Washington, D.C., de outubro de 1889 a abril de 1890. Esta reunião resultou na criação da União Internacional das Repúblicas Americanas, e começou a se tecer uma rede de disposições e instituições, dando início ao que ficará conhecido como “Sistema Interamericano”, o mais antigo sistema institucional internacional.

A OEA foi fundada em 1948 com a assinatura, em Bogotá, Colômbia, da Carta da OEA que entrou em vigor em dezembro de 1951. Posteriormente, a Carta foi emendada pelo Protocolo de Buenos Aires, assinado em 1967 e que entrou em vigor em fevereiro de 1970; pelo Protocolo de Cartagena das Índias, assinado em 1985 e que entrou em vigor em 1988; pelo Protocolo de Manágua, assinado em 1993 e que entrou em vigor em janeiro de 1996; e pelo Protocolo de Washington, assinado em 1992 e que entrou em vigor em setembro de 1997.

A Organização foi criada para alcançar nos Estados membros, como estipula o Artigo 1º da Carta, “uma ordem de paz e de justiça, para promover sua solidariedade, intensificar sua colaboração e defender sua soberania, sua integridade territorial e sua independência”. Hoje, a OEA congrega os 35 Estados independentes das Américas e constitui o principal fórum governamental político, jurídico e social do Hemisfério. Além disso, a Organização concedeu o estatuto de observador permanente a 67 Estados e à União Européia (EU).

Para atingir seus objetivos mais importantes, a OEA baseia-se em seus principais pilares que são a democracia, os direitos humanos, a segurança e o desenvolvimento.

Documentos que fundamentam esta matéria

Pesquisa no Google onde consta as matérias do Novojornal transcritas no sitio do Partido Liberal Democrata da Sérvia

Site do Partido Liberal Democrata da Sérvia

Matéria do Novojornal “MPMG e Jarbas Soares são condenados em ação do Novojornal” publicada no site do Partido Liberal Democrata da Sérvia

Matéria do Novojornal “Lista de Furnas: Revista Veja divulga release do Governo de Minas ” publicada no site do Partido Liberal Democrata da Sérvia

Matéria do Novojornal “Advogado confirma suborno da Samarco ao desembargador José do Carmo” publicada no site do Partido Liberal Democrata da Sérvia

 

Fonte: http://www.novojornal.com/politica/noticia/relatorio-da-oea-classifica-minas-gerais-como-terra-sem-lei-16-10-2012.html

Anúncios

Sobre brasilunido
Sou um dos milhões de brasileiros que atuam em defesa da DEMOCRACIA, contra os GOLPISTAS e em defesa do legado deixado por LULA/DILMA, que aliaram crescimento econômico, geração de empregos, distribuição de renda e inclusão social, levando milhões de brasileiros à ascensão social, e que continua na luta por melhorias da saúde e educação e que busca todos os avanços necessários para a melhoria da qualidade de vida dos brasileiros. Ainda utilizo este blog como uma opção de divulgação de serviços de utilidade pública e informações de esporte.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: