Tucanos tentam prejudicar caminhada de Haddad

Sem se identificar, militantes do PSDB protestam contra Haddad

DIÓGENES CAMPANHA
DE SÃO PAULO

Durante uma caminhada no centro, o candidato do PT à Prefeitura de São Paulo, Fernando Haddad, foi abordado por quatro manifestantes que, com cartazes, protestavam contra a greve nas universidades federais.

Eles cercaram Haddad e cobraram intervenção do ex-ministro da Educação na negociação do governo com os grevistas, parados há 60 dias.

O protesto relâmpago foi filmado pelo grupo, que, após o encontro, enrolou os cartazes e não continuou seguindo Haddad na caminhada.

Carregando um cartaz com o texto “Como vou pensar novo sem educação?” (alusão ao slogan “Pense novo” do PT), um dos manifestantes foi identificado como militante do PSDB. Trata-se de Marcos Saraiva, 20, “conselheiro político da juventude estadual do partido”, segundo sua própria definição no Facebook.

No Twitter, ele se apresenta como “deputado federal jovem pelo PSDB-SP”.

Outro manifestante é Victor Ferreira, secretário da juventude do PSDB. Contatado por telefone após o evento, chegou a dizer que não estava no ato e desligou.

Haddad interagiu com o grupo. “Quando eu estava lá [no ministério] não teve greve, companheiro”, disse. “Em quanto tempo o senhor resolve? Em quanto tempo o senhor resolve?”, repetiu Ferreira, sem deixar Haddad responder. “Em quanto tempo a gente pode voltar a estudar?”

Após a saída do petista, Ferreira disse aos jornalistas que Haddad “quer ganhar a eleição, mas não consegue resolver um problema com professor, não consegue fazer um Enem”. Ele não quis dizer qual é seu candidato. “Não vou declarar voto porque não sou líder de nada”, disse.

Ao perceber que o grupo já havia ido embora, Haddad chegou a brincar: “Cadê os meninos? Vieram só para a foto?” Depois, adotou tom diplomático: “Até respeito o pedido de ajuda, mas é difícil seis meses depois de ter deixado o governo.”

Ele minimizou a possibilidade de o protesto ter sido produzido por adversários eleitorais. “Não importa. É uma questão que todo mundo quer ver resolvida.”

Marcelo Justo/Folhapress
Estudantes da rede pública de ensino protestam pedindo soluções para a greve, ao candidato a prefeito de SP Fernando Haddad durante sua caminhada pelo bairro do Pari
Estudantes da rede pública de ensino protestam pedindo soluções para a greve, ao candidato a prefeito de SP Fernando Haddad durante sua caminhada pelo bairro do Pari, região central da cidade de São Paulo

No site pensenovotv.com.br, de Fernando Haddad, tem um vídeo registrando o momento em que os tucanalhas tentam prejudicar a caminhada:

http://pensenovotv.com.br/descricao/hora-h-18-de-julho-bras

 

Anúncios

Sobre brasilunido
Sou um dos milhões de brasileiros que atuam em defesa da DEMOCRACIA, contra os GOLPISTAS e em defesa do legado deixado por LULA/DILMA, que aliaram crescimento econômico, geração de empregos, distribuição de renda e inclusão social, levando milhões de brasileiros à ascensão social, e que continua na luta por melhorias da saúde e educação e que busca todos os avanços necessários para a melhoria da qualidade de vida dos brasileiros. Ainda utilizo este blog como uma opção de divulgação de serviços de utilidade pública e informações de esporte.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: